Associação Brasileira de Provedores
de Internet e Telecomunicações

(61) 3039.1060 / 3039-2060 / 3039-2070

Abrint na Mídia

ABRINT elabora planejamento estratégico

28/02/2019 Voltar

ABRINT elabora planejamento estratégico por diretrizes para aumentar capacidade e eficiência de seus serviços aos provedores

Acompanhando o ritmo de crescimento do mercado de provedores de internet, que fechou o ano de 2018 representando 20% dos acessos de internet no Brasil, a ABRINT (Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações) iniciou 2019 com a elaboração do planejamento estratégico por diretrizes – trabalho que está sendo feito com o auxílio de uma consultoria externa. Esse trabalho tem o objetivo de aprimorar os processos e deve apoiar a entidade em sua missão de defesa dos interesses do setor e conquista de novos associados.

“No ano passado, concluímos o processo de reformulação da gestão administrativa, que agora passa a ter um conselho administrativo, formado por 23 conselheiros, e uma diretoria executiva, formada por profissionais do mercado”, comenta Breno de Castro Laranjo Vale, presidente do conselho administrativo da ABRINT.

Para este processo de melhorias, está sendo aplicado o método Hoshin Kanri, um processo de desdobramento de estratégia, que envolve todos os níveis de gestão. Entre os diversos movimentos desse projeto estão os estudos para identificar e desenvolver novos serviços aos associados. Em fevereiro, por exemplo, a entidade está lançando o ABRINT EDUCA, uma plataforma de cursos técnicos e de gestão do negócio para os provedores associados. “Essas mudanças bem estruturadas e elaboradas tornarão nossa atuação muito mais focada e eficiente para os provedores”, conclui Breno.

Sobre a ABRINT
A Associação Brasileira de Internet e Telecomunicações (ABRINT) tem atuação nacional e representa provedores regionais de internet em discussões junto ao governo, órgãos regulatórios e entidades afins. Provedores são majoritariamente empresas de pequeno e médio portes. Segundo a Anatel, há pelo menos um provedor em operação em todas as cidades do país, e, juntos, eles formam a quarta maior empresa de comunicação do Brasil.

Fonte: Jornal dia a dia