Associação Brasileira de Provedores
de Internet e Telecomunicações

(61) 3039.1060 / 3039-2060 / 3039-2070

Abrint na Mídia

Inforshow monta 6 POPs para garantir internet em Brumadinho

31/01/2019 Voltar

POPS DE 100 MEGAS ATENDEM VALE, DEFESA E BOMBEIROS. UM DELES TEM HOTSPOT ABERTO AO PÚBLICO.

Desde o dia 25, quando rompeu a barragem da mina do Feijão, da Vale, em Brumadinho, município que integra o Parque Estadual da Serra do Rola Moça, em Minas Gerais, o provedor Inforshow, o maior da região, foi chamado pela empresa para cuidar da infraestrutura de comunicação e garantir o acesso à internet. Cerca de metade dos 80 funcionários da empresa foi envolvida no projeto para instalação de seis pontos de presença, cada um com capacidade de 100 Mbps full, para atender a demanda da própria Vale, do Corpo de Bombeiro, da Defesa Civil. Em um dos pontos, na Estação do Conhecimento, na zona urbana de Brumadinho, foi montado um hotspot aberto ao uso da população.

Segundo Jony Cruz, um dos sócios da Inforshow, que mudou-se de Belo Horizonte para Brumadinho há menos de dois meses, o clima entre os colaboradores do provedor é de tristeza e comoção. Afinal, como a maioria dos moradores do município de 39.520 habitantes, eles também tinham parentes e amigos que trabalhavam na Vale. E ainda não se sabe as proporções do que aconteceu. Até hoje, 30, segundo a Polícia Civil de Minas Gerais tinham sido resgatados 84 corpos, dos quais 51 identificados, e registrados 276 desaparecidos. A população local estima números mais elevados.

Dos pontos de presença montados pela equipe da Inforshow, dois estão na zona rural (um no distrito do Córrego do Feijão, onde aconteceu o rompimento da barragem, e outro em Casa Branca) e quatro na cidade de Brumadinho. Na zona urbana os POPs estão na Faculdade Asa, onde funciona o Centro de Comando; na Estação do Conhecimento; na Quadra de Esportes, onde funciona um centro comunitário; Parque das Cachoeiras.

Os POPs da Inforshow tiveram sua comunicação complementada por antenas da Telebras direcionadas ao seu satélite em banda Ka. Mas a capacidade das antenas é limitada a 20 megas, elas são quatro e estão dedicadas a operações das forças de segurança.

Raio de atuação

Operando na região há 13 anos, a Inforshow cobre de Belo Horizonte a até cidades ao Sul de Brumadinho passando por Nova Lima e Betim. Com sede em Brumadinho, atende a 20 municípios e muitos distritos e zonas rurais. Conta com cerca de 10 mil assinantes, a maioria clientes residenciais. A Inforshow é associada da Abrint, entidade nacional de representação dos provedores regionais.

Na Inforshow, Jony Cruz é sócio de Breno Giovani de Oliveira Gonçalves, natural de Brumadinho. A operação já quase toda em fibra. “Diria que só 3% da nossa base ainda é em rádio”, conta Jony. No mais, usa link de rádio para fazer redundância.

Até Brumadinho deixasse de ser mundialmente conhecido apenas como o município que abriga o Instituto Inhotim, que reúne importantes acervos de arte contemporânea e preciosas coleções de botânica, para ser vítima de um crime ambiental de enormes proporções, a Inforshow numa tinha prestado serviços de comunicação para a Vale. O provedor atendia outras mineradoras da região, mas não a maior mineradora brasileira. Jony acredita que ela deveria ter um contrato internacional.

Por ser a empresa local com maior infraestrutura, foi chamada para o trabalho de emergência. Conta com um backbone próprio de 30 Gigas que liga Belo Horizonte a Brumadinho.

Fonte: PontoISP